28 11-2016
4 Razões para o E-mail Marketing ainda estar em alta
1 Flares Pin It Share 0 Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 1 Email -- 1 Flares ×

blog-weeboO primeiro e-mail foi enviado em 1971, há mais de 40 anos, muito antes da internet ter sido lançada no início dos anos 90. Hoje em dia, como uma forma de comunicação, o e-mail não recebe seu devido valor – é o básico de comunicação em quase todos os locais de trabalho, e constitui a espinha dorsal de como nos comunicamos no mundo moderno, profissionalmente e pessoalmente.

Apesar disso, as pessoas têm anunciado a morte dos e-mails por anos. Novas entradas para o mercado de comunicações no local de trabalho, como o Slack, tornaram esses boatos mais fortes. Ainda mais, com mais formas de comunicação disponíveis do que nunca, do Whatsapp às redes sociais, muitos estão questionando se o fim do e-mail finalmente chegou.

No entanto, apesar da crescente popularidade desses outros tipos de comunicação, usar o e-mail para marketing continua essencial e indispensável para qualquer negócio bem sucedido, desde uma loja local de roupas independentes até uma empresa multinacional.

Por que é esse o caso? Como podemos, em uma era de sobrecarga de e-mail, ainda contar com este protocolo de comunicação para fazer o trabalho? Por que o e-mail ainda é uma estratégia de marketing que você precisa aproveitar? Abaixo eu compilei as cinco principais razões pelas quais o e-mail marketing ainda é uma estratégia de marketing para as empresas em 2016.

 

O email é o que seus leitores esperam

Surpresas são superestimadas, especialmente quando se trata de e-mail. De acordo com o estudo de email marketing de agosto de 2015 da Adobe, 63% dos clientes preferem receber promoções e ofertas de marketing por e-mail. O e-mail é o meio através do qual seus clientes preferem receber suas mensagens, simples assim. Se você for enviar suas mensagens de marketing via e-mail, faça direito: isso significa exibir campos de assinatura de forma proeminente proporcionando acesso fácil a um centro de preferências de e-mail.

 

E-mail marketing é mensurável

Quando se trata de marketing direto ou por e-mail, não há muitas maneiras de medir a eficácia de seus esforços. Em contrapartida, social media marketing fornece quase que escolhas demais: assinantes, retweets, share of voice, nunca é tão claro o que você deveria estar olhando.

E-mail marketing oferece o equilíbrio certo: você tem muitas métricas para observar, mas não uma quantidade esmagadora. Através do e-mail marketing, você pode acompanhar quem abriu a sua mensagem, o correio que eles usam, quando engajaram com sua mensagem e o que realmente clicaram. O melhor de tudo é que são técnicas de métricas qualificadas que você pode confiar.

 

Email marketing é personalizável

Email marketing continua a ser uma das melhores maneiras de direcionar suas mensagens para públicos específicos. Ao invés de apenas adivinhar o que vai funcionar, você pode segmentar seus destinatários, saudá-los pelo nome e adaptar o conteúdo que é específico para eles. Isso permite que a sua marca conecte-se com eles de uma forma mais forte, mais significativa, e que, finalmente, leva a taxas de conversão mais elevadas.

Ao contrário da publicidade on-line, gerenciamento de mídia social e assim por diante, o e-mail permite que você comece pequeno. Você não precisa configurar uma dúzia de variáveis antes de estar pronto para enviar seu primeiro e-mail: você pode adicionar mais complexidade à medida que for. Se você não segmenta atualmente, você pode começar introduzindo uma variável de segmentação, depois outra e outra, continuamente aprendendo como você vai. Pode segmentar de tal forma que esteja se comunicando com um grande público – digamos, a cada cliente que você tem no Reino Unido, ou você pode segmentar para baixo a uma base de um-para-um para uma comunicação super personalizada.

 

O e-mail é móvel

Qualquer provedor de serviços de e-mail moderno oferece maneiras fáceis de criar e-mails ajustáveis que são otimizados para celular, bem como desktop. Como comerciante você já sabe que o celular não pode mais ser ignorado ou deixado no final de sua lista de prioridades: de acordo com a HubSpot, cerca de 53% das pessoas verificam seus e-mails em seu telefone. Pense na experiência de usar o e-mail em um dispositivo móvel: é improvável que você queira compor longos e-mails em uma tela pequena. Em vez disso, os padrões emergentes de comportamento estão sugerindo que as pessoas estão lendo e-mails em seu telefone e, em seguida, respondendo ou acionando-os mais tarde no desktop. Quando visto sob esta luz, parece que o e-mail otimizado para celular é ainda mais importante do que o e-mail da área de trabalho.

Este é um público enorme e cativo: as pessoas estão gastando mais tempo comprando e interagindo com o conteúdo de marcas do que nunca, e se os profissionais de marketing souberem otimizar seus esforços para celular, certamente vai valer a pena.

E-mail marketing não é mais considerado ‘lixo’ ou spam. Hoje em dia as pessoas têm uma compreensão mais madura de marketing e promoção, e enquanto o seu e-mail está oferecendo-lhes algo útil, os leitores estão felizes em dar a sua mensagem seu tempo e atenção.

 

Fonte: Fourthsource

 

1 Flares Pin It Share 0 Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 1 Email -- 1 Flares ×

Comentários

Post Relacionado

1 Flares Pin It Share 0 Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 1 Email -- 1 Flares ×