15 04-2015
Landing Page: a fórmula para conquistar o público
0 Flares Pin It Share 0 Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- 0 Flares ×

Quer aumentar suas vendas, engajar o consumidor em seus serviços digitais e fidelizar clientes em potencial?

 

Você precisa conhecer as landing pages, também chamadas de “página especialista”. Elas são páginas repletas de simplicidade mas são poderosas para o aumento da taxa de conversão de uma empresa. São como vitrines de lojas físicas. Capaz de divulgar de maneira rápida informações fundamentais para vender um determinado produto, essas páginas são essenciais para as empresas e marcas.

 

landing-pages1

Grande parte dos cliques em anúncios, pesquisas em buscadores e campanhas de retargeting provém delas. Uma pesquisa da Infobase divulgou dados sobre como companhias norte-americanas e brasileiras usam as landing pages:

– 92% das landing pages usam informações sobre a empresa, como nome, endereço e contato e geralmente no seu centro superior;

– 86% mantêm um texto contendo informações sobre produtos. No centro, mais à esquerda;

– 85% utilizam os nomes de seus negócios em URLs;

– 59% disponibilizam telefone;

– 58% apresentam imagens de suas equipes e sedes e para ilustrar serviços;

– 46% mantêm seus formulários sob os botões de Call To Action;

– 38% possuem Call To Action. Na maioria localizada na parte superior direita;

– 26% têm palavras-chave em suas URLs, o que aumenta a possibilidade de serem encontradas por SEO;

– 19% revelam depoimentos atestando os serviços oferecidos pela empresa e recomendados por clientes;

– 12% compõe a parte inferior da página com “símbolos de confiança”, incluindo premiações e certificados;

 

Como produzir?

 

– Otimize: Para oferecer ao cliente uma landing page bem feita e que alcance todos os objetivos, é necessário aplicar uma série de otimizações. Otimizar sua landing page é essencial para aumentar a conversão e vai incentivar o cliente a permanecer na página e finalizar a compra. Landing pages e técnicas de SEO devem andar juntas no processo de produção.

– Ferramentas: O uso de ferramentas pode aumentar consideravelmente os resultados positivos de uma landing page. Por exemplo, utilizar o Google Adwords para gerenciar e aumentar os acessos ao site através de anúncios pagos é uma ótima escolha. Lembre-se, as ferramentas de marketing digital só irão trazer bons resultados.

– Desing: É essencial inserir recursos visuais nas landing pages. Utilizar imagens que são reconhecidas facilmente, como símbolos, para chamar a atenção para o produto ou conteúdo em destaque e optar por um layout simples e objetivo é um grande diferencial. A dica é: é preciso descomplicar para converter.

Medir e analisar a efetividade das landing pages: O ideial é que sejam realizados testes com a página até chegar a um resultado de conversão que seja satisfatório. Toda mudança e aplicação feita em uma landing page deve ser testada para saber quais benefícios trarão.

– Call to action: Os botões de Call To Action podem conter link para compra, formulários, downloads ou algo que facilite a navegação do usuário e o torna mais intuitiva, como os famosos “Clique aqui”, “Compre agora”, “Baixe já”.

– Atendimento: Todos os canais de atendimento devem estar presentes em uma landing page, mas o que pode funcionar muito melhor é a ferramenta  de chat on-line.

 

Quais erros evitar?

 

– Não produzir pesquisas com os consumidores;

– Carregar scripts;

– Utilizar o flash em uma landing page pode reduzir em 20% o número de clientes em potencial e o posicionamento nas pesquisas do Google;

– Falta de clareza e objetivo na proposta da landing page;

– Não ter o usuário como foco principal das estratégias;

– Erros de desing e posicionamento do Call To Action;

– Layout malfeito, sem impacto visual.

 

Informações: Revista W

0 Flares Pin It Share 0 Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- 0 Flares ×

Comentários

Post Relacionado

0 Flares Pin It Share 0 Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- 0 Flares ×